Publicações

  • Legabilidade dos arquivos eletrônicos

    Publicado na revista da SOGAOR – Ano VI; N 18: julho, 1997 Publicado na revista da SPO – Ano VIII; N 50; julho/agosto, 1997Informações para a classe odontológica em geral Na Reunião Paralela, sobre Legabilidade de Arquivos Eletrônicos na Odontologia, no I CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA ORTODONTIA,em Porto Alegre, 1997, foi formada a Comissão […]

  • Alternativas clínicas na utilização do softlaser em pacientes odontopediátricos

    SILVIA PUGA Monografia apresentada a Pro-Reitoria de Pos Graduacao e pesquisa da Universidade Castelo Branco, como requisito parcial para aprovacao e obtencao de grau de especialista em Odontopediatria. RESUMO UNITERMOS: LASER HE/NE – ODONTOPEDIATRIA ALTERNATIVAS CLINICAS COM A FINALIDADE DE AVALIAR CLINICAMENTE A EVOLUCAO DA RECUPERACAO DE CASOS CLINICOS DIVERSOS. EM PACIENTES ODONTOPEDIATRICOS, TRATADOS COM […]

  • Legabilidade dos Arquivos Eletrônicos

    Referente à legabilidade dos arquivos ortodônticos, seguem considerações que vêm do III SIMPÓSIO DE INFORMÁTICA NA ORTODONTIA, acontecido em São Paulo, em outubro 1996, e do fórum aberto na “homepage” da SOGAOR, somados ao que agora foi debatido no I CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA ORTODONTIA.

  • Implicacoes legais do uso do computador na Odontologia

    Cleber Bidegain Pereira, C.D. Transcrito da revista “Ortodontia”, orgao oficial da Sociedade Paulista de Ortodontia – N 35 – Janeiro/Fevereiro 1995 No memorial de George Washington, na cidade de Washington D.C., há um escrito dele que inicia assim: ” Eu não sou favorável a constantes mudanças e alterações nas leis e na Constituicao. No entanto, […]

  • Advento da Informática na Ortodontia

    Cléber Bidegain Pereira, C.D. Transcrito do programa oficial do IV Encontro Nacional de Ortodontistas da Sociedade Paulista De Ortodontia outubro de 1994 A informática encontrou terreno fértil na Cefalometria Radiográfica e nos tratamentos longos da ortodontia. Muito cedo, iniciaram os ortodontistas a usar os computadores, confundindo-se, no início, o advento da informática na ortodontia e […]

  • Workshop Populações Brasileiras

    No universo dos ortodontistas, há consenso de que os dados cefalométricos, indicativos de normalidade, variam em populações de diferentes regiões geográficas. Impõe-se, portanto, a necessidade de caracterizar, antropofisicamente, o indivíduo para que possa ser analisado cefalometricamente.

    Infelizmente, porém, a literatura ortodôntica brasileira carece de caracterização das nossas populações. Tropeça, inicialmente, em dificuldades com a nomenclatura, conceitos sócio-antropológicos e a inexistência antropofísica do Homem Brasileiro. Motivos pelos quais nos propomos a uma tentativa de esclarecimento, objetivo deste “workshop”.

  • Cephalometrics for you and me

    Podemos estar seguros que a Cefalometria é, atualmente, uma realidade. E aqueles de vocês que ainda não a usam, em sua prática diária, deverão imediatamente render-se ante a sua importância, ante o trabalho adicional que a impõe, e dominar seus mistérios, se querem cumprir com todas as obrigações contraídas com seus pacientes.